A IBM é um dos raros casos de marcas que souberam adaptar-se ao longo do tempo, transformando seu modelo de negócios sem perder a relevância do propósito que a impulsiona. Por essa razão, transcende a prestação de serviços e vai além ao tornar-se referência de conteúdos em torno do mote “planeta mais inteligente”.

Pesquisadores da marca apostam em um futuro no qual os objetos aprenderão a partir de plataformas cognitivas que farão das máquinas mais úteis, “naturais” e personalizadas em suas funções.

Para tanto, a marca estabeleceu cinco tendências que terão impacto sobre os próximos cinco anos na relação entre tecnologia e nossas rotinas.

Abaixo, os vídeos referentes a cada tópico. O que se tornará realidade?