Alinhadas a um processo de transformação comunicacional, baseado na dissolução da autoridade e na vontade de participação dos públicos nas decisões das marcas, a Levi’s e o Itaú desenvolveram recentemente ações que se alinham a este panorama. A marca de vestuário norte-americana lançou a campanha #iamlevis pela internet, que selecionará os novos figurantes de suas campanhas de comunicação. Divulgada nas redes sociais, os interessados em figurar nas peças de comunicação da marca podem participar por meio do Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos que funciona no Iphone.

Toda a comunicação da Levi’s está centrada no desprendimento e na evolução humana, social e ambiental. O Com:Atitude já falou sobre as principais atitudes da marca, com relação à sustentabilidade, como o projeto Water<Less e à área social, com o desenvolvimento da mulher no projeto Shape What’s to Come e a reconstrução de Braddock, cidade no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, iniciativa conhecida como Go Forth. Portanto, para os novos integrantes das campanhas da marca, este contexto simbólico é um pré-requisito: “seguir em frente com um propósito real” e “ter um coração aberto” – é o que a Levi’s pede.

Já o Itaú também usou a internet como ferramenta de engajamento com seus públicos. A ação fez parte da campanha Mude 2012, desenvolvida para o fim do ano passado. O mote foi ressaltar que a mudança está no poder individual, primeiro passo para a formação de uma rede de colaboração.

A marca pediu que os fãs de sua página no Facebook enviassem fotos deles mesmos para o último anúncio impresso do ano. Mais de 5 mil pessoas participaram em  menos 72 horas. E no último dia de 2011, todas as fotos enviadas estamparam uma chamativa propaganda nos principais jornais do Brasil. A iniciativa elevou a importância daqueles que interagem com a marca Itaú nas redes sociais, com foco na colaboração e no compartilhamento. O vídeo abaixo mostra detalhes da campanha.