Em 2011, mais pessoas aderiram ao consumo consciente nas lojas do Grupo Pão de Açúcar. Uma prova disso está no resultado dos projetos pioneiros da empresa como as Estações de Reciclagem, feitas em parceria com a Unilever na bandeira Pão de Açúcar e com a PepsiCo no Extra.

A parceria disponibilizou para os clientes pontos de entrega voluntária de materiais recicláveis (papel, plástico, alumínio, vidro e óleo de cozinha usado) nos estacionamentos das lojas e já arrecadaram mais de 53 mil toneladas em dez anos de projeto.

Entre janeiro e dezembro de 2011, as estações receberam um número recorde de materiais: mais de 12 mil toneladas de papel, plástico, alumínio e vidro, ou seja, 22% a mais do que o volume arrecadado em todo o ano de 2010.

Além disso, desde 2007 foram coletados mais de mil mil litros de óleo de cozinha usado que foram destinados para a produção de bicombustível. O Grupo Pão de Açúcar oferece 234 postos de arrecadação de material reciclável em 31 municípios brasileiros e no Distrito Federal.

Outro programa de sucesso esse ano foi o Caixa Verde. Lançado em 2008, o projeto de reciclagem pré-consumo implantado pelo Grupo Pão de Açúcar, atingiu um novo recorde. Em 2011, quase 1,5 tonelada de materiais como papel, plástico, alumínio e vidro, foram arrecadados em mais de 137 lojas Pão de Açúcar e Extra de todo o País.

O número representa um aumento de 60% no total recolhido em relação ao ano anterior. O programa visa multiplicar conceitos de consumo consciente juntos aos seus clientes e comunidade.

O Grupo Pão de Açúcar comemora também os resultados do programa de coleta de pilhas e baterias, realizado em parceria com a Abinne, que dá a correta destinação para este material.

Em 2011, o Grupo expandiu o projeto para mais 17 lojas chegando a marca de 594 coletores em cada loja. Só neste ano, os clientes das lojas do Extra e do Pão de Açúcar depositaram quase oito mil pilhas e baterias, evitando que esse material fosse descartado em lixo comum, o que poderia contaminar os lençóis freáticos, rios e solo.

 Esta reportagem foi publicada originalmente no Promoview, e agora no Com:Atitude, de acordo com parceria que os dois portais mantêm.